29/10/2010

Com as primeiras chuvas os poléns e esporos e pós que andavam no ar desaparecem. Os distribuidores de publicidade também! :)

13/10/2010

Há coisas das quais gostamos muito e nos habituamos a ter, e a fazemo-las com amor e naturalidade, como se fossem nossas, desde sempre.

Adormecer contigo ao meu lado é uma dessas coisas.

Hoje, que não estás cá, vou dormir no teu lado da cama.

11/10/2010

Quem sai aos seus não degenera.

A minha sobrinha canta:

Atirei o pau ao gato-to
Mas o gato-to não morreu-eu-eu
D. Chica-ca assustou-se-se
Com o pum, com o pum que o gato deu
puuuufffff


Saí mesmo ao tio!