Mostrar mensagens com a etiqueta ais. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta ais. Mostrar todas as mensagens

25/06/2010

feels wrong...

Depois de cada ida à esteticista para fazer a depilação ou consulta de ginecologia fico sempre com a estranha sensação de aquilo é uma forma de violação, com um quê de prostituição:


Mexem e remexem em partes privadas e intimas! e ainda tenho de pagar um balúrdio no fim!! sem nunca sequer me darem um beijo ou um mimo!!!

22/06/2010

Coisas de Família

O meu cão é como o seu dono: Come toda a m**** que lhe põe à frente.

26/03/2010

Sem mais nada a declarar!






S:  vou encomendar esta para ti.
J:  :)  não sei se gosto muito das letras...
S:  (reticências...)  o teu problema com essa t-shirt é a font?!



Momento patrocinado pelo Cão Azul, e esta T-shirt está à venda aqui

15/02/2010

problemas de identidade

Carnaval em casa da Rosa.
Chegamos mais cedo para ajuar no jantar.
A Rosa atrapalhada diz:

"Não encontro uma rosa para fazer o jantar?"

Eu riposto:

"Querida... estás outra vez em crise?!"



Nota do autor: O frango com rosas estava optimo!

29/04/2009

It's my party and I cry if I want to

Estou muito constipada, muito birrenta e com muitos desejos de coisas doces.




Tenho dito.

23/03/2009

...e Cristo deu a outra face

Humildades a parte, acho que sou muito melhor a dar a outra nádega.

02/03/2009

condução segura

O meu mais-que-tudo ensinou-me a por mudanças só para dizer "ensinei a minha namorada a engatar!"

Gato por Lebre

D: Descobri que gosto de rabo de porco.
S: Ah... E sabe a quê?
D: A orelha.

12/02/2009

so long and thanks for all the fish

S - A minha dor de cabeça ainda não passou, mas mudou de lado.

J - Antes isso... Vai na volta, és como os golfinhos, que dormem com 1 lado do cérebro de cada vez...

[...]

S - Não é propriamente a resposta esperada.

J - Antes isso... Vai na volta, és como os golfinhos, que dormem com 1 lado do cérebro de cada vez... (agora também não estavas à espera!...[...] )

S - Ahahahah pára!!

J - OK... Mas se calhar és como os golfinhos...

S - Também faço truques se me deres uma bola de praia.

J - E dizes "so long and thanks for all the fish"? *

S - Sim, enquanto abano a barbatana. (não conseguia escrever "abano" só saía "bacon") **

J – Vai na volta estavas a usar o lado errado do cérebro…



pois...





* referência ao filme Hitchhiker's Guide To the Galaxy.

** escrita inteligente nokia



14/01/2009

Declaração de Independência

jeliza rose diz:
a minha borbulha está a tentar ter vida própria.
Vania diz:
tadinha
jeliza rose diz:
dói imenso
Vania diz:
ela deve querer ver-se livre de ti e tá a tentar sair...


Obrigado.

12/12/2008

Diário de uma gaja Constipada

Pois é, estou constipada. Desde terça feira que assim é. É uma M****
Está a ser daquelas constipações intermináveis, com tudo o que uma boa constipação deve ter: A febre, a tosse, as dores, os espirros, o mau humor, a incapacidade de respirar como deve ser. Por isso, nestes últimos dias, entre a cama e o sofá, tive oportunidade de reparar em coisas que normalmente não notaria. Ou foram pensamentos falsamente fabricados pela minha parca oxigenação. Enfim, o que venho aqui relatar são pensamentos avulsos de uma gaja constipada.

Para quem não sabe, sou pessoa de poupar e fazer reciclagem e isso tudo. E aplico essa minha faceta a coisas e situações bem... no mínimo, alternativas. Bem diferentes do usual papel para o papelão, garrafas para o vidrão, etc.
Para os que não sabem, sofre de rinite alérgica. Desde sempre que ando com 4 ou 5 pacotes de lenços nos bolsos, malas, mochilas. Uns por usar, outros já usados, ora pois. Os meus ataques consistem em ter dores de cabeça e muito muito muco, muco muito muito aguado a cair incessantemente do meu nariz.

Vejamos, *cof*, as palavras chaves até agora são «poupar», «reciclar», «lenços de papel» «lenços de papel usados e por usar», e «ranho» ... Penso que conseguem ver onde é que isto vai dar, certo? Não?... Ora bem, passo a explicar (-me).

Eu gasto muitos lenços de papel aquando ataques de rinite alérgica. E muitas vezes acabo com os lenços por usar, o que fez com que, ao longo dos anos, tivesse de arranjar soluções alternativas que não implicassem grande esforço ou gastos de maior. Assim sendo, já que andei a aplicar esta técnica nos primeiros dois dias de constipação, ocorreu-me partilha-la.
A minha técnica consiste em pegar nos lenços de papel previamente encharcados em muco e estica-los onde der mais jeito. Preferencialmente nalguma fonte de calor, para ser mais rápido. Ir virando-os que nem bifanas na grelha até estarem secos, et voilá!, pronto a usar outra vez!

Prós: Os lenços de papel reciclados arranham muito menos o nariz. Gasta-se menos papel e muito menos dinheiro em lenços. O esforço implicito é minimo.
Contras: Os lenços de papel só são reciclaveis 3 ou 4 vezes, no máximo, pois o papel começar a desfazer-se. Pode tornar-se nojento para quem não está habituado a estas coisas do muco e da reciclagem. Não funciona com muco gosmento, só com muco aguado.
Outras notas: Não resulta muito bem com papel higiénico pois este desfaz-se muito. O papel de cozinha é reciclavel muitas mais vezes mas arranha muito o nariz ao principio. Se, ao secarem os vossos lencinhos, estes ficarem hirtos como bacalhaus nos supermercados na altura do natal, mais vale usar outro lenço, esse vai desfazer-se num instante.

Gosto de pensar que não sou a única a fazer isto. Partilhem as vossas experiências neste campo, como rentabilizam os vossos lenços de papel? É reciclando, no modo de usar ao assoar? Usam lenços de pano? Limpam à manga da camisola?...


Mais relatos de uma gaja constipada, num outro post perto de si.